Tags

, , , , , , , , , ,

Para cenários de testes é indispensável a criação de um ambiente local para podermos aprofundarmos nosso aprendizado e conhecimento, pensando nisso neste Post vou demonstrar passo a passo como é feita a instalação do Oracle SOA Suite 12c.

O SOA Suite requer uma base de dados para persistência. A versão Express Edition 11g foi escolhida para o ambiente de desenvolvimento em questão.

Caso você já tenha uma versão anterior do Oracle instalada, sugiro ver este meu post abaixo para remover e instalarmos a versão 11g.

Problemas ao desinstalar Oracle 10g ou 11g Express Edition (XE) no Linux

A instalação será feita no Linux Ubuntu 64bits versão: 16.04, os requisitos mínimos de hardware e software para instalação do Oracle SOA Suite 12c podem ser encontrados aqui: http://docs.oracle.com/html/E18558_01/fusion_requirements.htm 

Para instalação vou precisar dividi-lo em Partes conforme abaixo:

Download Oracle Database Express Edition 11g Release 2

Faça o download do arquivo necessário através do link:

http://www.oracle.com/technetwork/database/database-technologies/express-edition/downloads/index.html

Aqui, clique em Accept License Agreement

Imagem Blog UansCarvalho

Selecione a opção Download Oracle Database Express Edition 11g Release 2 for Linux x64

Imagem Blog UansCarvalho

Irá aparecer a tela de Login abaixo, caso não tenha uma conta por favor crie pois será necessário para os demais downloads.

Imagem Blog UansCarvalho

Feito o Login aparecerá a mensagem abaixo: então escolha a opção Save File e clique em OK para salvar o nosso arquivo:

Imagem Blog UansCarvalho

Realizado o Download, vamos preparar nosso ambiente para instalação:

Veja que o arquivo está com a extensão RPM.ZIP e por isso será necessário converte-lo para DEB para instalação em nosso ambiente e também para instalação do nosso arquivo e demais pacotes do SOASuite será necessário instalar o arquivo libaio1

No Prompt execute os seguintes comandos:

Este comando atualiza as suas libs do Ubuntu:

  • sudo apt-get update

Este comando instala as libs necessárias para instalação:

  • sudo apt-get install alien libaio1 unixodbc vim

Agora vamos descompactar nosso arquivo oracle-xe-11.2.0-1.0.x86_64.rpm.zip que realizamos o download

Entre na pasta onde foi realizado o download e descompacte o arquivo:

  • sudo unzip oracle-xe-11.2.0-1.0.x86_64.rpm.zip

Imagem Blog UansCarvalho

Veja que dentro da pasta Download ele criou automaticamente a pasta Disk1:

Entre na pasta e execute o comando para transformar o arquivo .rpm em .deb:

  • sudo alien --scripts -d oracle-xe-11.2.0-1.0.x86_64.rpm

Obs: Este comando pode levar de 2 a 10 minutos dependendo da sua configuração de hardware

Veja na pasta Disk1 que foi criado o arquivo oracle-xe_11.2.0-2_amd64.deb

Imagem Blog UansCarvalho

Execute agora os comandos abaixo:

Obs: Estes comandos evitam o seguinte erro: MEMORY TARGET error ( ORA-00845: MEMORY_TARGET not supported on this system ) :

  • sudo rm -rf /dev/shm
  • sudo mkdir /dev/shm
  • sudo mount -t tmpfs shmfs -o size=2048m /dev/shm

Uma vez que as essas mudanças são apenas temporários para a sessão atual eles serão perdidos após a reinicialização do sistema. A fim de torná-las permanentes, você pode criar um script de inicialização permitindo adicionar os passos anteriores para um arquivo, torná-los executável e iniciá-los automaticamente com o sistema.

Execute agora os comandos abaixo:

  • sudo touch /etc/rc2.d/S10oracle-mount
  • sudo gedit /etc/rc2.d/S10oracle-mount

Foi criado o arquivo S10oracle-mount, então copie o texto abaixo e cole dentro deste arquivo:

#! /bin/sh
### BEGIN INIT INFO
# Provides:          Creates Oracle mount point
# Required-Start:    
# Required-Stop:     
# Default-Start:     2 3 4 5
# Default-Stop:      0 1 6
# Short-Description: Used for Oracle installation
# Description:       Used for Oracle installation
### END INIT INFO

# Aktionen
case "$1" in
    start)
        mkdir /var/lock/subsys 2>/dev/null
        touch /var/lock/subsys/listener
        rm /dev/shm 2>/dev/null
        mkdir /dev/shm 2>/dev/null
        mount -t tmpfs shmfs -o size=2048m /dev/shm
        ;;
    stop)
        ;;
    restart)
        ;;
esac
exit 0

Imagem Blog UansCarvalho

Salve e feche o arquivo e execute o comando para dar as permissões necessárias:

  • sudo chmod 755 /etc/rc2.d/S10oracle-mount

Agora vamos criar alguns usuários para o Oracle executando os comandos abaixo:

  • sudo su -
  • groupadd oinstall
  • groupadd dba
  • useradd -m -g oinstall -G dba oracle
  • passwd oracle

coloque a senha 123 ou a que quiser em seguida repita a senha

  • groupadd nobody
  • usermod -g nobody nobody

Agora execute o comando abaixo:

  • sudo gedit /etc/rc2.d/S01shm_load

Foi criado o arquivo S01shm_load, então copie o texto abaixo e cole dentro deste arquivo:

#!/bin/sh
case “$1” in
start) mkdir /var/lock/subsys 2>/dev/null
touch /var/lock/subsys/listener
rm /dev/shm 2>/dev/null
mkdir /dev/shm 2>/dev/null
mount -t tmpfs shmfs -o size=2048m /dev/shm ;;
*) echo error
exit 1 ;;
esac

Imagem Blog UansCarvalho

Salve e feche o arquivo e execute o comando para dar as permissões necessárias:

  • sudo chmod 755 /etc/rc2.d/S01shm_load

Agora execute o comando abaixo:

  • sudo gedit /etc/sysctl.conf

Será aberto o arquivo sysctl.conf

No final do arquivo acrescente conforme abaixo:

###########
# Oracle XE Recommended Values
kernel.sem = 250 32000 100 128
kernel.shmmax = 536870912
##########

Imagem Blog UansCarvalho

Salve e feche o arquivo e execute o comando:

  • sudo gedit /sbin/chkconfig

Foi criado o arquivo chkconfig, então copie o texto abaixo e cole dentro deste arquivo:

#!/bin/bash
file=/etc/init.d/oracle-xe
if [[ ! `tail -n1 $file | grep INIT` ]]; then
echo >> $file
echo ‘### BEGIN INIT INFO’ >> $file
echo ‘# Provides: OracleXE’ >> $file
echo ‘# Required-Start: $remote_fs $syslog’ >> $file
echo ‘# Required-Stop: $remote_fs $syslog’ >> $file
echo ‘# Default-Start: 2 3 4 5’ >> $file
echo ‘# Default-Stop: 0 1 6’ >> $file
echo ‘# Short-Description: Oracle 11g Express Edition’ >> $file
echo ‘### END INIT INFO’ >> $file
fi
update-rc.d oracle-xe defaults 80 01

Imagem Blog UansCarvalho

Salve e feche o arquivo e execute o comando para dar as permissões necessárias:

  • sudo chmod 755 /sbin/chkconfig

Agora execute o comando abaixo para setar os parâmetros do Kernel:

  • sudo gedit /etc/sysctl.d/60-oracle.conf

Será aberto o arquivo 60-oracle.conf

Dentro do arquivo acrescente conforme abaixo:

# Oracle 11g XE kernel parameters
fs.file-max=6815744
net.ipv4.ip_local_port_range=9000 65000
kernel.sem=250 32000 100 128
kernel.shmmax=536870912

Imagem Blog UansCarvalho

Salve e feche o arquivo

Verifique se o arquivo foi salvo com sucesso executando o comando abaixo:

  • sudo cat /etc/sysctl.d/60-oracle.conf

Deverá mostrar a tela abaixo:

Imagem Blog UansCarvalho

Execute o comando abaixo para carregar os parâmetros do Kernel:

  • sudo service procps start

Execute agora os seguintes comandos:

  • sudo ln -s /usr/bin/awk /bin/awk
  • sudo mkdir /var/lock/subsys
  • sudo touch /var/lock/subsys/listener

Pronto… Já estamos prontos para instalar o Oracle 11g XE… “Ufffaaaaa” 🙂

Agora dentro da pasta onde você estava ../Downloads/Disk1 execute o comando abaixo para executar o arquivo:

  • sudo dpkg --install oracle-xe_11.2.0-2_amd64.deb

Imagem Blog UansCarvalho

Tudo OK até agora, falta apenas configurar o Oracle XE, para isso execute o comando abaixo:

  • sudo /etc/init.d/oracle-xe configure

Na pergunta abaixo apenas tecle ENTER: para aceitar o valor default

Specify the HTTP port that will be used for Oracle Application Express [8080]:

Novamente para a pergunta abaixo tecle ENTER para aceitar o valor default

Specify a port that will be used for the database listener [1521]: 

Na pergunta abaixo será sua senha do usuario sys, então coloque 123

/etc/init.d/oracle-xe: line 405: /bin/awk: No such file or directory
Specify a password to be used for database accounts.  Note that the same
password will be used for SYS and SYSTEM.  Oracle recommends the use of
different passwords for each database account.  This can be done after
initial configuration:

Nesta pergunta coloque apenas o valor Y  (para o Oracle XE ser iniciado junto com seu ubuntu quando o mesmo for iniciado)

Do you want Oracle Database 11g Express Edition to be started on boot (y/n) [y]:

Até aqui tudo OK conforme imagem abaixo:

Imagem Blog UansCarvalho

Porém, mesmo que apareça “os erros abaixo” também não haverá problemas pois estes erros nas linhas 775, 776, 777, 778, 779, 780, 781 e 782 são apenas porque existem ‘aspas simples’ no final do arquivo /etc/init.d/oracle-xe conforme abaixo:

### BEGIN INIT INFO’
# Provides: OracleXE’
# Required-Start: ’
# Required-Stop: ’
# Default-Start: 2 3 4 5′
# Default-Stop: 0 1 6′
# Short-Description: Oracle 11g Express Edition’
### END INIT INFO’

Imagem Blog UansCarvalho

Toda vez que você parar ou iniciar o Oracle irá aparecer a mensagem acima, mas caso queira que pare de exibir estes erros, apenas tire as ‘aspas simples’ para que fiquem conforme abaixo:

Imagem Blog UansCarvalho

Edite com o comando abaixo:

  • sudo gedit /etc/init.d/oracle-xe

Vá até o final do arquivo e deixe como a imagem acima.

Obs: Caso os erros sejam diferentes do acima, verifique o problema e não prossiga com as demais instalações do SOASuite.

Agora execute o comando abaixo:

  • sudo gedit ~/.bashrc

Foi aberto o arquivo bashrc, então copie o texto abaixo e cole dentro do final deste arquivo:

export ORACLE_HOME=/u01/app/oracle/product/11.2.0/xe
export ORACLE_SID=XE
export NLS_LANG=`$ORACLE_HOME/bin/nls_lang.sh`
export ORACLE_BASE=/u01/app/oracle
export LD_LIBRARY_PATH=$ORACLE_HOME/lib:$LD_LIBRARY_PATH
export PATH=$ORACLE_HOME/bin:$PATH

Imagem Blog UansCarvalho

Salve e feche o arquivo

Execute o comando abaixo para voltar ao seu HOME:

  • cd

Agora execute este comando para carregar suas configurações:

  • . ./.profile

Agora entre no SqlPlus

Digite: sqlplus no seu terminal

Enter user-name: sys as sysdba

Enter Password:    (no meu caso coloquei 123)

Imagem Blog UansCarvalho

Execute os comandos para aumentar os números de processos e sessões do Oracle:

alter system set sessions = 600 scope=spfile;
alter system set processes = 750 scope=spfile;

Em seguida:

Shutdown;

E depois:

Startup;

Imagem Blog UansCarvalho

Para testar no seu Browser digite:

http://localhost:8080/apex

Caso apareça no Browser a tela abaixo sua instalação foi concluída com sucesso:

Imagem Blog UansCarvalho

Caso queira acessar, entre com estes dados:

  • Workspace: INTERNAL
  • Username: ADMIN
  • Password:  (coloque a senha que você digitou ao instalar)

Obs: Na primeira vez que você acessar será solicitado que você altere a senha mas poderá colocar a mesma caso queira.

Feito isso, segue a tela com o Login realizado com sucesso:

Imagem Blog UansCarvalho

Abraços e até a Próxima

/:-D